Galo vence Morrinhos por 4 a 2

29/07/2013

Goiânia X Morrinhos

Com público pagante de apenas 40 torcedores e renda de R$ 300,00 o Goiânia venceu o time do Morrinhos por 4 a 2 em um jogo fácil e ao mesmo tempo estranho, o Galo sem comandante estava sem organização tática e os jogadores não guardavam posições. O jogo anterior em que o Galo foi derrotado pelo Trindade poderia ter sido diferente, porém o Galo errou 3 gols cara a cara com o goleiro em jogada do jogador Thiago Rômulo que foi fominha e não tocou a bola por 3 ocasiões para o Finazzi que faria os gols e entraria com bola e tudo e teria ganhado o jogo e hoje ainda estaríamos lutando por uma vaga na final, no jogo de hoje o garoto fez de novo por 2 oportunidades, preferiu fazer a jogada individual (foi fominha) ao não tocar a bola para o artilheiro matador Finazzi. Espero que para o proxímo jogo o jogador Thiago Rômulo possa ser sacado do time para a entrada do Marcinho ou Lucas ambos jogadores da base do Goiânia que joga melhor que o fominha. O ala direito Gustavo cometeu um pênalti infantil e o goleiro França o melhor goleiro do campeonato defendeu a penalidade máxima. Um primeiro tempo morno sem emoções, porém o segundo tempo foi diferente e o Goiânia fez seu primeiro gol em uma bola rebatida dentro da pequena área e o atacante fominha Thiago Rômulo marcou o primeiro gol da partida. O Goiânia ganhando o jogo fez 2 substituições a primeira substituiu o volante de retenção Thiago Marçal que estava bem na partida e em seu lugar entrou o atacante Marcinho, entrou o atacante Lucas no lugar do fominha Thiago Rômulo, o time ganhou velocidade, porém ficou totalmente desprotegido no meio de campo com menos um volante de retenção substituído por um atacante (naquele momento o Goiânia vencia a partida por 1 a 0 e até agora não entendi porque fazer uma substituição tão ariscada um volante por um atacante). Com isso o Morrinhos cresceu na partida e marcou 2 gols. Aos 26 minutos o Galo marcou seu segundo gol com o matador Finazzi que não perdoou e marcou o gol em uma jogada de linha de fundo. Aos 28 minutos o atacante e jogador da base do Goiânia Marcinho recebeu um lançamento perfeito e na saída do goleiro marcou o terceiro gol. Finazzi desperdiçou um pênalti, porém se redimiu aos 36 minutos ao fazer o quarto gol do Galo em uma jogada bem trabalhada, após roubar a bola do Morrinhos e tabelar a bola com o meia Valdeir, o matador fechou o placar com o gol mais bonito do jogo. A Mala branca passou? Será?
França; Gustavo, Marcelo Alberto Júnior e Thiago Marçal (Lucas Freire); Guerra, Betinho, Claudionor e Valdeir (Yago); Finazzi e Thiago Rômulo (Marcinho).

  • Criação